Incêndio em edifício residencial em Nova York deixa ao menos 19 mortos

Um incêndio em um edifício residencial no bairro do Bronx, em Nova York, neste domingo (9), deixou ao menos 19 mortos, entre os quais 9 pessoas com 16 anos de idade ou menos, além de dezenas de feridos.

“Sabemos que há 19 pessoas confirmadas como mortas, além de várias outras em estado crítico”, afirmou à emissora CNN o prefeito Eric Adams, que tomou posse no cargo há apenas uma semana. “Este é um dos piores incêndios que testemunhamos em tempos modernos”, disse o democrata em entrevista coletiva.

Mais cedo, meios de comunicação locais falavam em mais de 60 feridos na tragédia.

Ao menos 200 bombeiros participaram da operação para apagar as chamas, que começaram pela manhã em um dúplex no segundo e no terceiro andares de um prédio de 19 pavimentos na rua East 181, no Bronx.

Segundo as autoridades, a tragédia foi provocada por um aquecedor elétrico portátil. O comissário do corpo de bombeiros de Nova York, Dan Nigro, afirmou que as equipes de resgate encontraram vítimas “em todos os andares” e que muitas delas foram retiradas do prédio sofrendo parada cardíaca e respiratória.

Ainda de acordo com Nigro, a porta do apartamento que pegou fogo foi encontrada aberta, o que contribuiu para que as chamas se alastrassem para os outros andares. Wesley Patterson, um dos sobreviventes, disse ao New York Times que sua namorada avistou o fogo pela janela do apartamento em que o casal vive, no terceiro andar do prédio, e em seguida o local passou a ficar cheio de fumaça.

Patterson relatou que eles tentaram sair pela porta da frente do apartamento, mas abri-la fez que ainda mais fumaça entrasse no local. A família foi resgatada pelos bombeiros por meio da janela do local. “Fico grato que saímos em segurança, mas ainda não acredito que isso aconteceu”, disse.

Segundo imagens divulgadas pelo corpo de bombeiros no Twitter, as chamas, cobertas por uma coluna de fumaça, saíram por uma janela no segundo andar do edifício de tijolinhos marrons. Nos registros, aparecem também escadas de bombeiros alcançado níveis superiores do prédio.

O Bronx registrou um dos piores incêndios da história de Nova York em 1990, quando um incidente na boate Happy Land, que operava sem alvará e sem equipamentos de segurança, deixou 87 mortos.

A pior tragédia do tipo na cidade foi registrada em 1911. Naquele ano, um incêndio na fábrica Triangle Shirtwaist Company, no Baixo Manhattan, deixou 146 mortos.

Na última quarta (5), um incêndio em um edifício de três andares na Filadélfia deixou 12 mortos, entre os quais oito menores de idade, em um dos piores incidentes do tipo da história recente dos EUA.

 

Folha de S. Paulo

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.