IFPB abre inscrições para 59 vagas de professor e técnico

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) abriu inscrições para concurso público de professor e técnico-administrativo do quadro permanente. São 40 vagas para professor, sendo 19 em Sousa, 13 na Capital e oito em Cajazeiras. Para técnico-administrativo, são 19 vagas nas três cidades. As inscrições vão até 18 de junho pelo site www.cefetpb.edu.br/concurso, onde estão disponibilizados os editais. A seleção é organizada pela Coordenação Permanente de Concursos Públicos (Compec).

Em Sousa, para técnico-administrativo, são sete vagas no nível superior: nas áreas de Assistência Social, Biblioteconomia, Engenharia, Auditoria, Pedagogia. Ainda no campus Sousa, há oito vagas de nível intermediário para Assistente de Alunos, Laboratorista, Auxiliar de Enfermagem, entre outros. Na Capital paraibana, há uma vaga para Arquiteto e urbanista e uma para Analista de Tecnologia da Informação. Em Cajazeiras, há outra vaga para Analista de TI e uma para Administrador.

Para técnico-administrativo, o salário inicial é de R$ 1747,83 no nível superior e a taxa de inscrição é de R$ 45. Para o nível intermediário D, a remuneração é de R$ 1364,53, para o nível C, o salário é R$ 1143,36. Em ambos, a taxa de inscrição é de R$ 35. A remuneração pode ser acrescida do Auxílio-Alimentação (R$ 126,00) e de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação (como Auxílio-Transporte). A prova será aplicada em 26 de julho.

Nos três campi, há vagas para docentes com formação em Letras, Química, Física, Administração, Economia, Ciências da Computação, Geografia, História, Ciências Contábeis, Engenharias (diversas), Matemática, Música, Educação Física, Filosofia, Agroecologia, Arquitetura, Automação Industrial, Redes de Computadores, Telemática, Design de Interiores e Construção de Edifícios, entre outros. A taxa de inscrição para docente é de R$ 55.

Poderão ser aceitas solicitações de isenção da taxa de inscrição, até o dia 15 de junho, quando baseadas no Decreto nº 6.593, de 02/10/2008, publicado no Diário Oficial da União. O interessado na isenção deve solicitar a isenção através do Protocolo, no horário das 8h às 11h e das 14h às 17h. O resultado das solicitações será divulgado até 17 de junho.

Os salários dos professores variam conforme a titulação (Graduação R$ 2.124,20; Aperfeiçoamento, R$ 2.178,45; Especialização R$ 2.206,29; Mestrado R$ 2.551,34 e Doutorado R$ 3.542,75). O regime de trabalho é de 40 horas semanais. Os valores também podem ser acrescidos dos demais benefícios previstos em lei. A prova escrita para professor deve ser realizada em 19 de julho. Os aprovados passam para a etapa seguinte, prova de desempenho (didática) e análise de títulos (currículo). Para técnico, a titulação também incide em percentuais sobre o salário, conforme o Plano de Carreira.

O candidato a professor que necessitar de condições especiais para realizar as provas escritas deverá apresentar, até o dia 25 de junho, no horário das 08h às 11h30 e das 14h às 17h30, requerimento devidamente instruído com laudo médico, descrevendo a sua necessidade e especificando o tipo de atendimento que a Instituição deverá dispensar no local das provas, para garantir sua participação no Concurso Público. No caso de candidato a técnico, esta solicitação pode ser feita até 23 de julho, das 08h às 17h.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.