Hugo Mota promete fazer oposição a Ricardo já em janeiro

O deputado federal Hugo Motta (PMDB), o mais jovem do país, rechaçou a tese levantada pelo líder do Governo na Assembleia Legislativa, Gervásio Maia Filho (PMDB) e pelo deputado Trocolli Júnior (PMDB), que concederam um período de trégua ao futuro governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB). Ao contrário de seus colegas, Hugo disse estar preparado para fazer oposição ao socialista já no mês que vem:

– A política não é feita com prazo certo. Desejamos sorte ao governador eleito porque ele foi escolhido pela maioria. Eu não votei nele, mas a oposição tem que ser responsável. O que for bom para a Paraíba, terá nosso empenho. Mas, se alguma coisa vier contra o interesse da população, nós vamos nos levantar, usar a imprensa para que o povo saiba o que está acontecendo. Vamos torcer para que não seja preciso, mas caso venha acontecer algo que necessite fiscalização, vamos fazer oposição. Se acontecer um absurdo destes no mês de janeiro, claro que a oposição tem que estar presente. Existe situação e existe oposição.

O parlamentar também comentou a recente manifestação de estudantes contra o aumento aprovado para os deputados e senadores.

– Sou um amante da democracia e também sou um jovem: acho que a manifestação é legítima. Temos que analisar que o salário mínimo vem aumentando a cada ano. Claro que os salários dos deputados aumentaram mais. Mas, houve discussão na Câmara para chegar a esse patamar de 60%. Eu ainda não sou deputado e não participei da votação. Vamos chegar na Casa com o intuito de trabalhar. Nunca procurei saber quanto um deputado ganha quando estava em campanha. Quero ir para Brasília para trabalhar. Quanto eu ia receber, nunca me importou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.