Hoteleiro paraibano investe em qualificação para oportunidades na Copa

O turismo será um dos setores mais beneficiados com realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil. De acordo com o estudo "Mapa de Oportunidades para as Micro e Pequenas Empresas nas Cidades-Sede", encomendado pelo Sebrae à Fundação Getúlio Vargas (FGV), 98 atividades do setor são promissoras para as pequenas empresas. Sendo a Paraíba sub-sede e com localização estratégica entre dois Estados sedes, o setor hoteleiro local vem buscando preparar-se para aproveitar o filão do desenvolvimento trazido pelo evento mundial e pelos oito milhões de turistas que deverão circular por todo o país.

Dentro dessa perspectiva de trabalhar a qualificação do setor turístico em todo o Brasil, a Paraíba participará do "Programa de Qualificação de Meios de Hospedagem" que destaca que os empreendimentos hoteleiros precisam estar atentos para a qualificação do atendimento e aos serviços prestados. Segundo Regina Amorim, gestora do Projeto de Turismo do Sebrae Paraíba, esse programa somente deveria acontecer nas cidades sedes, no entanto a Paraíba mostrou potencialidades que chamaram atenção.

“No fim do mês passado fizemos uma apresentação dos destinos e das potencialidades que temos dentro do Estado. Vendemos uma imagem tão boa do interesse da Paraíba em participar do Programa que poderemos incluir nossos empresários nessas atividades”, comemorou a gestora.

Nas capacitações, destinadas a gestores, coordenadores e colaboradores de empresas hoteleiras, serão abordados temas ligados à inovação da gestão, sustentabilidade, competitividade e marketing. Para incentivar aumento da competitividade também haverá novas estratégias de comercialização como uma central de negócios e incentivos previstos na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, tendo como viés as vantagens da formalização.

O Programa, lançado em 2010, pelo Sebrae Nacional e Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), pretende até 2014 capacitar cerca de 1,3 mil hotéis e pousadas com menos de 50 apartamentos, localizadas nas cidades que receberão os jogos da Copa do Mundo e em mais 32 destinos indutores, além da Paraíba. Serão investidos R$ 3,3 milhões nessas ações até 2014.

Oportunidades para Copa

As 98 atividades destacadas pelo estudo da FGV serão impulsionadas pelo incremento substancial do fluxo turístico no país. O evento apresenta boas oportunidades para as agências de viagem, tanto emissivas quanto as de receptivo. No caso das primeiras, é preciso destacar a relevância do fluxo de turistas domésticos durante o evento. Jogos não somente da seleção brasileira, como também de outros países tradicionais do futebol, podem despertar o interesse dos brasileiros e motivar viagens internas, proporcionando uma demanda extra no período dos jogos para as empresas.

No turismo receptivo, há duas maneiras distintas de as agências se beneficiarem das oportunidades da Copa. Em primeiro lugar, elas devem se credenciar nas operadoras internacionais que, por sua vez, são agentes credenciados do Tour Operator Programme (TOP) da Match/Fifa. Os participantes desse programa têm o direito de vender, em seus países de origem, pacotes oficiais com ingressos para os jogos da Copa do Mundo 2014. A Match, empresa responsável por assegurar acomodações à Federação Internacional de Futebol (Fifa), também contrata e reserva unidades habitacionais nos meios de hospedagem das cidades-sede.

As oportunidades também podem ser aproveitadas pelas pequenas empresas que fornecem serviços técnicos ou operacionais a outros empreendimentos do setor, como limpeza e manutenção, terceirização de mão de obra e lavanderia. Outras atividades rentáveis são as de apoio ao turismo, mais direcionadas aos próprios turistas, na promoção de passeios diversos, assim como aqueles serviços que colaboram para a competitividade de destinos turísticos, como as lan houses e as casas de câmbio.

Destacam-se também os restaurantes e outros estabelecimentos de serviços de alimentação e bebidas como lojas de conveniência, cafeterias, sorveterias, padarias e confeitarias, serviços de aluguel de imóveis por temporada, serviços de barco-hotel, serviços de recreação para crianças, serviços de aluguel de câmeras fotográficas e aluguel de equipamentos recreativos e esportivos.

Serviço: Agência Sebrae Paraíba- (83) 2108-1100/ Projeto de Turismo- (83) 2108-1256

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.