Hotel Fazenda Triunfo comemora 7 anos resgatando história em Areia

Uma festa no Restaurante Azul celebrou o sétimo aniversário do Hotel Fazenda Triunfo, em Areia, na noite desta quinta-feira, 14. O empreendimento tem uma história curiosa, tendo sido construído em uma área antes reservada a um matadouro público. O local também era alvo de invasões de pessoas que depredavam os resquícios de mata atlântica. Naquele cenário, o então prefeito Elson Cunha Lima Filho ofereceu a cessão do terreno com o compromisso de que lá fosse erguido um equipamento turístico em dois anos e que houvesse cuidado com a vegetação local. O desafio foi assumido e assim surgiu o Hotel Fazenda Triunfo.

Em meio à comemoração, Maria Júlia Baracho, proprietária do hotel, lembrou do começo difícil e disse que o momento era de agradecer: “Gratidão à minha cidade, pela educação que a gente teve, a todas as pessoas da cidade que tiveram paciência porque o empreendimento estava começando e não sabíamos ser donos de hotel e nem de restaurante… gratidão a Deus pela família que formamos com nossos colaboradores e todos se tornaram filhos e filhas estudiosos e dedicados que entenderam nossa missão de bem receber e gratidão a João Francisco e Dilene que nos convidaram a pegar nosso capital financeiro e investisse num capital social para hoje ter essa cidade transformada e muito mais feliz”, disse.

A criação do hotel mudou a rotina turística de Areia que antes era habituada a receber visitantes nos famosos “bate e volta”. A partir da oferta de leitos em um espaço de fazenda, com infraestrutura aconchegante e convívio com a natureza, os turistas passaram a ficar na cidade. “Nossa alegria é que o turismo é uma economia muito democrática e em Areia é de abundância. Ficamos felizes de que a partir do nosso restaurante, aberto a todos, outros areienses também tenham sido estimulados a abrir outros empreendimentos”.

Confira a entrevista completa com Maria Júlia Baracho.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.