Hospital de Trauma tem 40 presos internados e seis em estado gravíssimo

O Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena emitiu hoje de manhã uma nota à imprensa informando o estado de saúde dos presos que deram entrada na unidade por causa do incêndio registrado pela manhã no pavilhão 3 do Presídio do Róger. Foram 40 apenas atendidos e destes, 10 tiveram alta. Há seis apenados em estado gravíssimo internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Segundo as informações da Secretaria de Administração Penitenciária, os detentos atearam fogo a colchões na manhã de ontem como forma de protesto contra a transferência de um dos representantes do Primeiro Comando da Capital (PPC), Jackson Pereira da Silva, levado para o PB1, de segurança máxima.

Por causa da presença dos apenados feridos, o Hospital de Trauma suspendeu as visitas e somente os doentes antigos e em estado grave poderão receber os familiares, mediante identificação prévia.

Boletim Informativo vítimas Presídio do Roger

O Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena (HETSHL) informa que dos 40 detentos atendidos na unidade vítimas de queimaduras, fato ocorrido durante rebelião no Presídio Desembargador Flósculo da Nóbrega, popularmente conhecido como Presídio do Roger, dez já receberam alta.

Agora, são nove internados na semi-intensiva, doze na Unidade de Terapia de Queimados (UTQ), seis em estado gravíssimo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e três na enfermaria.
Na noite desta sexta-feira (23) um outro detento do presídio do Roger deu entrada no Hospital de Trauma, após ter os ferimentos agravados. O paciente está internado na Semi-intensiva e as queimaduras se concentram na parte do rosto. O estado de saúde dele é considerado grave.

Em virtude do ocorrido, as visitas durante todo o dia de hoje se mantêm suspensas. Apenas os pacientes antigos, considerados em estado grave, podem receber as visitas dos familiares. Estes terão que ser previamente identificados e autorizados.

A segurança na área externa e interna do hospital está reforçada com mais de 50 homens da polícia militar e do próprio HT.

O próximo boletim médico do dia será divulgado às 17 horas.

Atenciosamente
Assessoria de Imprensa HETSHL

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.