Homens são presos por agredir e ameaçar ex-companheiras

Em menos de 12 horas, dois homens denunciados por violência doméstica foram presos pela Polícia Civil, na cidade de Mamanguape, no interior da Paraíba.

José Paulo Baraúna Fortunato e Luciano Anisio da Silva foram presos pela equipe da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Mamanguape. As prisões ocorreram durante a manhã desta quarta-feira (22).

De acordo com a delegada Cristiane Medeiros, os dois foram denunciados por agredir e ameaçar as ex-companheiras.

José Paulo Baraúna foi denunciado na noite dessa terca-feira (21), durante o plantão policial, quando a vítima procurou a delegacia para pedir ajuda.

“João Paulo agrediu fisicamente a sua ex-companheira e a violência empregada chegou a tal ponto que quebrou um dos braços da mulher”, afirmou a delegada.

Assim que tomou conhecimento do fato, a equipe da Deam iniciou as diligências que começaram durante a noite é só foram encerradas no horário da manhã, quando o agressor foi preso.

João Paulo foi autuado em flagrante delito por crime de lesão corporal. O delito não cabe fiança. A vítima, após receber atendimento médico, foi submetida a exame de corpo de delito, que comprovou as lesões.

No segundo caso, o preso Luciano da Silva foi recolhido à cela por ordem judicial. Ele figura em processo criminal por praticar recorrentes ameaças de morte contra a ex-companheira.

A prisão preventiva foi solicitada pela delegada. “Assim que a justiça atendeu o pedido e expediu o mandado, iniciamos as diligências e conseguimos efetuar a prisão”, acrescentou Cristiane.

Homens são presos por agredir e ameaçar ex-companheiras

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.