Homem é preso na Paraíba horas após comprar veículo roubado em Campina Grande

A Polícia Rodoviária Federal na Paraíba recuperou, nessa sexta-feira (14), um carro roubado que havia sido adquirido poucas horas antes em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. Dois homens foram detidos e seis papelotes de cocaína prontos para a comercialização foram apreendidos.

Policiais abordaram o veículo Renault Sandero no município de Pocinhos, na BR 230, km 183. Ao realizar uma fiscalização minuciosa no automóvel, apesar de não haver ocorrência de roubo ao consultar a placa, na verdade tratava-se de um automóvel roubado em dezembro de 2017 em Recife, capital pernambucana e que estava clonado.

O condutor do veículo, um homem de 27 anos, informou aos policiais que havia adquirido o veículo poucas horas antes em Campina Grande de um conhecido através da troca de um carro de sua propriedade e uma quantia em dinheiro que seria paga posteriormente. O homem informou aos policiais o local onde haveria sido feita a negociação e a equipe se dirigiu até o local.

Em Campina Grande, os policiais localizaram o vendedor, um homem de 21 anos, que estava com o automóvel utilizado como parte do pagamento. Ele não soube explicar a origem do carro roubado mas confirmou a venda. Porém, não foi apresentado aos policiais qualquer documento comprovando a negociação. Também foi localizado com ele seis papelotes de cocaína prontos para a comercialização.

A PRF alerta que ao realizar a aquisição de um veículo seminovo é indispensável que se faça todos os procedimentos burocráticos necessários para a transferência de propriedade do carro. Também é importante nunca acreditar em ofertas muito vantajosas. Dessa forma, evita-se o risco de adquirir um veículo roubado.

Os dois homens foram detidos e encaminhados à Polícia Civil. O suposto comprador deverá responder por receptação de veículo roubado e o vendedor, além de receptação, deverá responder por tráfico de drogas. Eles não possuíam antecedentes criminais.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.