Homem condenado por estupro coletivo em Queimadas é assassinado em bar na Paraíba

Um dos homens condenados pelo estupro coletivo ocorrido em Queimadas, no ano de 2012, foi assassinado a tiros na madrugada deste domingo (20). Ele estava em um bar com amigos quando foi baleado e morreu no local.

Jacó Sousa havia sido condenado a 30 anos de prisão. Ele conseguiu liberdade condicional e havia retornado a Queimadas após cumprir parte da pena no PB1, em João Pessoa.

O motivo do crime e o autor não foram revelados. A Polícia Civil investiga o caso. Nenhum suspeito de ter cometido o homicídio foi detido, até este domingo.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.