Homem acaba preso ao denunciar assassinato do companheiro em Campina Grande

Um homem foi preso na manhã desta quarta-feira (10) quando passava informações à polícia sobre um homicídio. O fato ocorreu no bairro das Malvinas, em Campina Grande. Waltamberg da Silva, 35 anos, conhecido como “Bega”, foi preso por policiais da Delegacia de Homicídios de Campina Grande. Segundo a delegada Suelane Guimarães, ele estava sendo presente em uma cena de crime e era ouvido pelos investigadores quando foi descoberto um mandado de prisão expedido contra ele.

O preso era companheiro homoafetivo de Marcos Antônio Araújo, mais conhecido como “Marquesa” (foto), morto a tiros na madrugada de terça para quarta-feira, em Campina Grande. Aos policiais, Watamberg contou que estava em casa com Marcos, quando o local foi invadido por criminosos que dispararam contra Marcos.

Ao ter seus dados pessoais consultados, os policiais descobriram que Watamberg responde processo por crime de roubo e teve mandado de prisão preventiva decretado. A ordem judicial foi expedida pela comarca de João Pessoa.

“A prisão não se deu pelo homicídio e sim por mandado de prisão decorrente de processo de roubo. Com relação ao homicídio ocorrido, as investigações estão em andamento. Já temos informações que a vítima era suspeita de vários furtos e possuía muitos inimigos por conta disso, sendo até oferecida uma recompensa para quem matá-la” , afirmou a delegada. O preso foi encaminhado à carceragem da Central de Polícia e será apresentado ao juiz em audiência de custódia.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.