Hervázio continua indeciso e considera mandato estadual “fragilizado”

O vereador líder de oposição na Câmara de João Pessoa, Hervázio Bezerra (PSDB), disse hoje que continua indefinida sua posse no mandato de deputado estadual na vaga deixada pelo deputado Manoel Ludgério (PDT), que deve assumir a presidência da PBPrev, atendendo a um convite do governador Ricardo Coutinho (PSB). Hervázio confirmou que já conversou ontem com o presidente do PSDB, Cícero Lucena, e antes de ontem com o próprio chefe do executivo, mas garantiu que sua indecisão não foi dissipada:

– Eu teria imensa satisfação em anunciar minha decisão hoje, mas lamento não poder fazer isso. Todos haverão de convir que é decisão muito séria. Para assumir a Assembleia Legislativa tenho que renunciar ao 5º mandato de vereador outorgado pela população. Esse mandato é meu mesmo. Só o povo pode tirar. Se renunciar, vou em condição fragilizada porque o mandato é do titular, que retorna no momento que bem entender. Dependo de Adriano Galdino e Manoel Ludgério. O governador não tem meias palavras. Ele já disse que quem tem estabilidade é só ele e o vice. Ele pode me dizer que quer esse compromisso, mas ele não pode impor. A sinuca de bico fica aqui: se eu não assumir o mandato de deputado, posso perder essa condição. Além disso, ainda tramita na Justiça o recurso de Dinaldo Wanderley. Se ele perder, a coligação passaria a ter mais uma vaga, a 13ª. Se ele não tiver êxito, os votos seriam contabilizados na nossa coligação e isso geraria vaga para Assis Quintans. Estou vivendo um drama e uma novela. Não tenho ainda uma resposta.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.