Hervázio atribui maioria de Ricardo na Câmara à distribuição de vantagens

O vereador Hervázio Bezerra (PSDB), líder de oposição na Câmara Municipal de João Pessoa, declarou no Correio Debate que a maioria obtida pelo prefeito de João Pessoa se deve à distribuição de vantagens com os parlamentares. Ele disse que a migração em massa para a bancada do governo aconteceu no final da gestão de Severino Paiva no legislativo: "O prefeito partiu célere para acabar com a oposição. Ele [Ricardo Coutinho] tem maioria esmagadora na Câmara e não seria pelos belos olhos dele. Lógico, que alguns têm que ter a sobrevivência política", disse o tucano.

Segundo o vereador oposicionista, a migração em massa para o bloco do prefeito tornou difícil contar os integrantes da oposição: "Terminado o processo de eleição, ninguém sabia o tamanho da oposição nem da situação. Nem eu consegui fazer essa conta. Em verdade, só quem vota na oposição verdadeiramente hoje sou eu, Marcos Vinícius e Luiz Flávio. Raíssa, só vota aqui e ali. Ela participa de inaugurações e apresenta voto de aplausos ao Governo. Reconhecer obras do Governo é uma coisa. Apresentar voto de aplauso é outra", comentou

A crítica de Hervázio Bezerra ao prefeito de João Pessoa teve como foco a abordagem do marketing socialista, que enfocou Ricardo como um gestor com ideias novas para a administração municipal: "Os vereadores foram para o bloco de Ricardo por benefícios. Isso não é exclusividade de Ricardo, mas eu fui levado a entender que ele faria diferente. Ele não pode censurar Cícero, Carlos Mangueira, Tarcísio Burity, Ronaldo Cunha Lima ou José Maranhão. Ele é, hoje, igual a todos".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.