Helicóptero com Cicero Lucena faz pouso de segurança no meio do mato

O helicóptero em que o senador Cícero Lucena viajava neste domingo de Santana dos Garrotes para Gurjão, no Cariri paraibano, teve que fazer um pouso de segurança quando a luz de combustível acendeu faltando cerca de 12 quilômetros para chegar na cidade. Por precaução, o piloto pousou a aeronave às 16 horas numa área desabitada no meio do mato. Ele, o senador e o jornalista Carlos César, assessor de Comunicação de Cícero, caminharam durante cerca de duas horas até a cidade orientando-se pela rede elétrica de alta tensão que corta a zona rural do município.

O senador participaria da procissão da festa da padroeira de Barra de Santana, também no Cariri, mas a agenda teve que ser alterada. Pela manhã, Cícero havia participado, em companhia do senador Efraim Morais, da missa de Santa Ana, a padroeira de Santana dos Garrotes. Depois de almoçar na casa de dona Geni, mãe do jornalista José Euflávio, o senador embarcou às 15 horas em companhia apenas do piloto e do jornalista Carlos César. Euflávio "foi proibido" por dona Geni de embarcar também e voltou por terra em companhia do senador Efraim Morais.

Ao deixar a residência de dona Geni, após o almoço, Cícero a presenteou com um terço que trouxe do Vaticano no ano passado.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.