Haddad diz que Bolsonaro tem “capangas” e elogia Ricardo: “Pode assumir qualquer ministério”

Em uma entrevista coletiva concedida no início da tarde de hoje no auditório da Fetag-PB, o candidato do PT à presidência da República, Fernando Haddad, não apenas confirmou que o governador paraibano Ricardo Coutinho (PSB) pode ser ministro em um eventual governo seu como acrescentou que o socialista, classificado por ele de “irmão político”, tem habilitação para qualquer Pasta e “poderia até ser presidente da República”.

Haddad demonstrou confiança na eleição e disse que Jair Bolsonaro ao dizer que estava com a faixa na mão cometeu um desaforo: “Estamos na virada e o povo vai dar o troco a essa declaração no próximo domingo”, disse Haddad.

O petista criticou seu adversário por ter faltado aos debates: “Ele usou um jogo sujo para, junto com seus capangas, me difamar nas redes sociais. Ele tem a liberdade de subir num palanque e dizer que vai classificar como terroristas os representantes de movimentos sociais. Ele não honra a farda e não tem coragem para enfrentar um debate. Se fosse, o desprezo dele pelas regras democráticas, pelas mulheres, pelos nordestinos, ficaria claro. O mundo inteiro está vendo e denunciando o que está acontecendo no Brasil. A OEA classificou a nossa campanha como a mais suja que já houve, mas o Brasil não vai se intimidar pela violência e pelo despropósito que é a candidatura de Bolsonaro”.

Haddad diz que Bolsonaro tem “capangas” e elogia Ricardo: “Pode assumir qualquer ministério”

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.