Guilherme espera que oposição não obstrua novos projetos do Governo

O deputado estadual Guilherme Almeida (PSC) espera que, após a aprovação do pedido de remanejamento de R$ 39,5 milhões para a Saúde, semana passada, a bancada de oposição da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) não mantenha a obstrução à votação de novos projetos encaminhados pelo Governo do Estado.

Na última sexta-feira, o Poder Executivo enviou à Assembleia Legislativa um pedido para remanejamento de R$ 587 milhões. O pedido deveria ter sido analisado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), nesta terça-feira pela manhã, o que não aconteceu por decisão do presidente da comissão, deputado Zenóbio Toscano (PSDB).

“Se aproxima o final do ano, precisa se fazer remanejamentos para se adequar o orçamento ao que realmente existe para ser gasto. Isso é uma coisa tão corriqueira que eu não acredito que a oposição vá fazer outra novela com relação a essa aprovação”, ressaltou.

Guilherme lembrou que na última votação, apenas dois deputados da oposição – os tucanos Antônio Mineral e Romero Rodrigues – votaram contra o pedido de remanejamento do governo. “Isso demonstra que a maioria da oposição está concordando com os projetos que partem do Executivo”, disse.

Trocolli Júnior (PMDB) endureceu o discurso e afirmou que, apesar de entender que a oposição tem de cumprir com o seu papel, é preciso pensar no povo da Paraíba. “Não dá para fazer oposição por fazer”, disse. Sobre esse novo remanejamento, ele espera que bancada de oposição tenha “espírito de grandeza” e vote o pedido.

“Eles já constataram que esse dinheiro não é para José Maranhão, não é para a bancada do governo, mas para a população da Paraíba”. Ele disse ter convicção de que com diálogo essas questões, que classificou de miúdas e pequenas, sejam resolvidas. “Se esse remanejamento não for feito imediatamente prejudicará o Estado”, ressaltou.

O peemedebista alertou a oposição de que a população acompanha os passos dos parlamentares, sejam governistas ou oposicionistas. “Quando os deputados votam projetos para o bem do Estado, há um reconhecimento da população”, afirmou Trocolli.

O deputado disse ainda que o governo tem trabalhado muito e repetiu o que tem dito o governador José Maranhão, desde que assumiu o mandato: “Não se pode ficar olhando para o retrovisor. O momento é de trabalhar, trabalhar, trabalhar”. E mais: “Eles (a oposição) estão constatando que o Estado está avançando. Nós temos muitas deficiências, herdadas do governo passado, mas nós queremos avançar”.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.