Guilherme acha que ápice de popularidade de Cássio já passou

O deputado estadual Guilherme Almeida (PSC) tem mudado seu discurso, tradicionalmente ameno, para um tom mais contundente desde que se lançou como pré-candidato a prefeito de Campina Grande. Exemplo disso foi uma entrevista concedida ao Tambaú Debate da Nova Tambaú FM na semana passada quando disse que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) não ganhou mais influência política na Rainha da Borborema ao assumir o mandato pelo qual lutou na justiça desde outubro de 2010. Para Guilherme, o ápice da popularidade de Cássio aconteceu justamente durante o processo, quando ele teria atingido "a curva máxima", atraindo a solidariedade do eleitor por estar "vitimizado" e "esmagado na parede".

– Ele chegou a uma curva máxima nesse período do processo. Daqui para a frente, Cássio virou uma pessoa normal, um senador, no meio de outros 81. A popularidade, no máximo, se mantém, mas ele pode perder popularidade por sua ação no Senado. Se a gente elogia a atuação de Vital Filho por várias ações, Cássio terá que fazer um trabalho bom. Se acontecer um voo em céu de brigadeiro para Cássio no Senado, a popularidade dele se mantém. Caso contrário, a tendência é diminuir.

Cássio Cunha Lima é adversário de Guilherme Almeida e já lançou o deputado federal Romero Rodrigues (PSDB) como candidato de seu grupo à prefeitura de Campina Grande. O prefeito Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) tem feito mistério, mas promete anunciar o postulante do PMDB ainda este mês.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.