Grupos de trabalho vão discutir a implantação do Pólo Cabo Branco

A formação de grupos de trabalhos para debater a implantação do Pólo Turístico Cabo Branco foi proposta, durante sessão especial de ontem, na Câmara Municipal de João Pessoa. O debate surgiu através de propositura do vereador Raoni Mendes (PDT). Autoridades, secretários e pessoas ligadas ao turismo municipal e estadual ocuparam a tribuna para expor suas idéias e falar sobre a importância daquela área para o incremento do setor.

Esses grupos deverão ser formados por entidades representativas do trade turístico por cinco vereadores que vão integrar a Comissão Especial de Estudos e Desenvolvimento do Pólo Turístico Cabo Branco.

Além de Raoni, também compareceram à sessão a presidente da PBtur, Ruth Avelino; o secretário de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico da Paraíba, Renato Feliciano, o secretário de Turismo do Município, Francisco Linhares; o superintendente do Ibama, Ronilson José da Paz; a presidente do Convention & Visitors Bureau, Elizabete Lopes, e Manoelina Hardman (ABIH), entre outros representantes do trade turístico.

Segundo Ruth Avelino, a PBTUR está realizando estudos ambientais e jurídicos com vista ao destravamento do Pólo Turístico Cabo Branco. “A área pertence a PBTUR, tem mais de 600 hectares e conta com projetos de hotéis, centros comerciais, equipamentos de laser, etc. É uma ação complexa e que exige estudos detalhados, que estão sendo conduzidos pelo governo. É prioridade o destravamento deste Pólo”, afirmou Avelino.

O vereador Raoni Mendes disse que a sessão serviu para que a população pudesse analisar a proposta do Pólo Turístico Cabo Branco, avaliando se sua implementação contribuirá com o desenvolvimento de uma atividade turística sustentável. “Estamos buscando definir sumariamente as principais ações propostas no projeto do Pólo Turístico Cabo Branco e quais foram implementadas, identificar os principais impactos advindos da instalação do Pólo Turístico e avaliar se as ações propostas podem ser julgadas como sustentáveis, através do uso de indicadores do turismo sustentável”, esclareceu Raoni.

Autoria conjunta: O projeto, que cria a Comissão Especial de Estudos e Desenvolvimento do Pólo Turístico Cabo Branco, é fruto de uma ação conjunta entre os vereadores Raoni Mendes e Bira que será formada por cinco vereadores posteriormente escolhidos. Segundo eles “o turismo não pode chegar na cidade de João Pessoa de forma descontrolada e sem planejamentos. Para ser realizado de forma sustentável e equilibrada o turismo precisa de estudos e projetos que visem, fundamentalmente, a exploração dos potenciais de forma supervisionada, respeitando os interesses econômicos que estão em jogo e, ao mesmo tempo, respeitando também a própria cidade de João Pessoa”, justificaram.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.