Gripe A gera discussão entre deputados e encerramento rápido de sessão

Três deputados estaduais paraibanos tiveram a iniciativa de propor a discussão sobre temas relativos à Gripe A no âmbito da Assembleia Legislativa. Hoje à tarde, dois requerimentos muito parecidos foram levados ao conhecimento dos parlamentares. Graças a um acordo de lideranças, a proposta de João Gonçalves (PSDB) acabou sendo aprovada, enquanto que a de Romero Rodrigues foi descartada, o que deixou o campinense irritado a ponto de se retirar do plenário.

Em resumo, Romero Rodrigues propunha uma audiência pública com as presenças dos secretários estaduais de Saúde e de Educação para averiguar de que maneira as Pastas estão estruturadas tanto para combater a doença como para prevenir os alunos de possível contágio no retorno às aulas. O tucano também sugeriu a criação de um serviço telefônico de apoio aos pacientes e aos cidadãos que desejem mais informações sobre as formas prevenção à gripe A.

O requerimento aprovado, de autoria de João Gonçalves, estava aguardando apreciação na Casa a dias. Quando tomou conhecimento da intenção de Romero de realizar a audiência pública sobre a Gripe A, João se apressou em conversar com o líder do Governo, Gervásio Filho (PMDB) e pediu que seu requerimento fosse apreciado hoje à tarde. Gervásio concordou e pôs o documento em votação.

Depois da saída de Romero do plenário, a sessão durou pouco.

O outro parlamentar preocupado com os efeitos do H1N1 é Rodrigo Soares (PT). Presidente da Comissão de Educação da Assembleia, ele não precisou discutir com os colegas para emplacar sua proposta, que será debatida no âmbito da Comissão, nesta quinta-feira, 30, às 9h30.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.