Governo estuda diminuir reajustes na conta de luz

Os ministérios da Fazenda e de Minas e Energia avaliam que a saída para compensar as perdas do consumidor com o erro no cálculo do reajuste de tarifas de energia, revelado pela Folha no mês passado, será diluir o prejuízo nos próximos aumentos a serem autorizados às distribuidoras. As informações são de Julianna Sofia, da sucursal em Brasília.

A Folha apurou que a ideia é conceder reajustes menores no futuro para queimar a "gordura" acumulada pelas companhias nos últimos anos com a falha na metodologia.

O TCU (Tribunal de Contas da União) calcula em R$ 7 bilhões as perdas para os consumidores entre 2002 e 2008. Técnicos envolvidos nos estudos classificam a estimativa do tribunal de "pouco confiável" e dizem que o governo ainda sabe o tamanho real do prejuízo.

Para esses técnicos, a compensação é "o caminho natural" para solucionar o caso, mas não evitará demandas na Justiça por parte dos consumidores.

 

Folha Online
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.