Governo do Estado investe R$ 10 milhões em três UPAs

O governador Ricardo Coutinho assinou, na última sexta-feira (20), uma ordem de serviço para a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município de Princesa Isabel, localizado no Sertão paraibano. Com a nova unidade, o Governo do Estado já totaliza R$ 10 milhões de investimentos na criação de três UPAs. “Espero retornar à cidade em, aproximadamente, quatro meses, para fazer a inauguração da unidade, que contará com serviços de pediatria, clínica geral, exames de raios-X, eletrocardiograma e exames laboratoriais”, destacou.

As informações foram divulgadas pelo governador no início da tarde desta segunda-feira (23), durante o programa “Fala Governador”, transmitido pela Rádio Tabajara. A UPA de Princesa Isabel está orçada em R$ 3,3 milhões, referentes às obras e aquisição de equipamentos. Quando pronta, beneficiará, além do próprio município, as cidades de Água Branca, Imaculada, Juru, Manaíra, São José de Princesa e Tavares, englobando um total aproximado de 80 mil pessoas. Na unidade de saúde, será prestado atendimento diário, durante 24 horas, aos pacientes em situação de menor gravidade, reduzindo, assim, a demanda de casos de baixa complexidade da rede hospitalar.

Já até o próximo mês de março, o governador espera inaugurar a UPA de Cajazeiras, que se encontra em fase de conclusão. Ela deve atender mais de 200 mil pessoas, moradoras de 17 cidades localizadas na Região do Alto Sertão, polarizada por Cajazeiras. “As obras estão caminhando. Agora, está sendo feito o piso. As paredes já vêm prontas, sendo necessário apenas o encaixe, procedimento que leva cerca de 20 dias para ser finalizado”, disse.

UPA de Guarabira – Desse conjunto de três UPAs, a primeira a ser inaugurada foi a de Guarabira, no último dia 26 de novembro. Ao todo, foram investidos na unidade R$ 3,5 milhões, sendo R$ 2,5 milhões nas obras e R$ 1 milhão em equipamentos. “Com ela, conseguimos retirar o Hospital Regional do sufoco. Em dois meses, a UPA guarabirense já atendeu a cerca de 5,8 mil pessoas”, disse.

Ricardo enfatizou que as UPAs têm que andar em parceria com os demais serviços da rede. “No futuro, espero que haja parceria com os PSFs. A saúde é um sistema, e a Paraíba só vai avançar nesta área quando tivermos essa sensibilidade implantada”, destacou.

Apoio à rede municipal – Na semana passada, Ricardo também fez o repasse de R$ 100 mil ao Hospital Municipal de Tavares – o mesmo valor foi repassado à unidade hospitalar de Juru. Os recursos serão destinados à aquisição de equipamentos.

“Nossa lógica é melhorar a saúde. Não interessa se o hospital é estadual ou municipal. Se fizermos com que um hospital municipal atenda mais e melhor, estaremos fazendo bem à população e descongestionando os hospitais regionais de outras cidades, sobretudo João Pessoa e Campina Grande”, explicou.

Inaugurações em março
– Ainda em março, o governador espera inaugurar as obras de reforma e ampliação do Hospital de Taperoá e da Maternidade Peregrino Filho,em Patos. Só na unidade de Taperoá, foram investidos quase R$ 5 milhões. “Vamos dotar a região de um hospital de referência. Nosso objetivo é racionalizar, mostrar que podemos aproveitar uma unidade já existente num município e dotá-la para que ela se torne referência”, explicou Ricardo.

Ele também destacou os serviços realizados na Peregrino Filho. “Ela, agora, passará a ser a maternidade mais moderna do interior da Paraíba, contando com UTI materna e neonatal. Ela vai referenciar todo o sertão para partos de alta complexidade”, destacou.

Rodovias – O governador também começou, na sexta-feira passada, a inaugurar novos trechos de rodovias. O primeiro foi na PB 306, entre Princesa Isabel e Tavares – 18 quilômetros de estrada que custaram R$ 3,6 milhões. “O tráfego de veículos nem fluía mais na rodovia. Estamos fazendo um trabalho geral nela. Não estamos recuperando a estrada, e sim fazendo uma nova pista. No total, a obra tem99 quilômetros de extensão, indo de Princesa Isabel até Maturéia. O investimento geral será de quase R$ 20 milhões”, salientou.

Já na próxima quinta-feira (26), o governador espera inaugurar a PB 400, no trecho que vai de São José de Piranhas até Monte Horebe; em seguida, será a vez do trecho que vai até Bonito de Santa Fé. “São16 quilômetros, orçados em R$ 5 milhões. Ainda em fevereiro, quero chegar de Bonito de Santa Fé até Conceição”, anunciou. Ainda no próximo mês, Ricardo prevê a inauguração do trecho da PB 306, que vai de Juru a Maturéia. “A obra está em ritmo acelerado, pois temos recursos. Isso porque só dou ordem de serviço se o Estado tiver capacidade”, afirmou.

75 anos da Tabajara – Ainda no “Fala Governador”, Ricardo Coutinho destacou a passagem do aniversário da Rádio Tabajara, que, nesta quarta-feira (25), completa 75 anos de criação e funcionamento. “Poucos Estados têm uma rádio própria que seja tão antiga e que tenha tantas histórias para contar. A Tabajara foi criada em 1937, no governo de Argemiro de Figueiredo e, ao longo de todo esse tempo, contou a história política, social e esportiva da Paraíba. Tudo isso faz dela uma emissora indispensável para o Estado”, disse.

Ricardo destacou ainda que, desde que assumiu o governo, a rádio ganhou um impulso diferenciado. “Agora, é uma emissora plural, que recebe todas as tendências, da situação e da oposição. A emissora não é do governante, mas do Estado. Aliando isso a uma programação musical de qualidade, que toca música da Paraíba, a Tabajara passa a ser muito mais respeitada”, finalizou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.