Governo apresenta projeto de reforma do Teatro Santa Catarina, em Cabedelo

Uma grande roda de capoeira abriu as festividades em comemoração aos 31 anos de fundação do Teatro Santa Catarina, em Cabedelo. O evento, que aconteceu na noite dessa terça-feira (13), com diversas atividades artístico-culturais, também foi marcado pela apresentação do projeto de reforma e ampliação da casa de espetáculos, orçado em R$ 3,1 milhões. A previsão é de que o edital de licitação seja publicado entre o final de abril e início de maio, de acordo com Luiz Rabelo, diretor técnico da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), órgão estadual responsável pela obra.

“Celebramos os 31 anos do Teatro Santa Catarina com essa festa para o público de Cabedelo e a retomada pelo Governo do Estado. Na impossibilidade de utilizarmos as dependências internas do teatro, resolvemos festejar no jardim. Por isso, ocupamos a área externa”, disse a presidente da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), Nézia Gomes. A festa reuniu os grupos de capoeiristas ativos na cidade, como o Semente Crioula, Escola Mokambu de Capoeira Angola, Grupo Candeias, Arte Capoeira e Arte Brasil.

Durante a apresentação do projeto de reforma, a equipe da Suplan interagiu com o público, esclarecendo dúvidas. Além do diretor técnico, Luiz Rabelo, os arquitetos Karoline Dantas e Jaime Galdino participaram do evento. Inicialmente, o prazo para entrega do teatro é até o fim do ano. Representantes do movimento cultural local, artistas, gestores públicos também marcaram presença na festa.

A área total do terreno é de 1.086m² e atualmente a parte construída é de 354m² no térreo mais 179,21m² no 1º pavimento. A área de reforma compreende 483m² e com a ampliação o prédio ganhará mais 50,63m². Com as melhorias, o teatro terá acessibilidade, circulação vertical, plataforma elevatória, escada em “U”, banheiro para PCD (masculino e feminino público), camarim, refeitório e aumento da capacidade da plateia de 154 para 161 assentos.

O Teatro de Santa Catarina havia sido entregue pelo Governo do Estado à Prefeitura de Cabedelo no final da década de 1980. Foi retomado este ano, após solicitação da atual gestão. Com a retomada, a unidade cultural passa a ser gerenciada pela Funesc. Para o Padre Evandro, a ação do governo é ‘louvável’ por resgatar um espaço de socialização para a população de Cabedelo, o que aumenta a autoestima tanto de artistas quanto dos moradores da cidade. Já a deputada Estela Bezerra parabenizou o governo estadual pela iniciativa e destacou que a casa de espetáculos é essencial para a cultura do município.

Noite de festa – Após a roda de capoeira e explanação do projeto de reforma e ampliação, a festa contou com a participação do grupo de chorinho Os Prateados. Em seguida, o grupo de Teatro e Pesquisa Os Lendários fez uma pequena apresentação seguida do grupo musical Mantra. Quem fechou a noite foi o Tambores do Forte, que ocupou o palco junto com Teca do Coco de Cabedelo. A festa terminou com uma grande ciranda no jardim do teatro.

Comentários