Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Governador destaca “tranquilidade institucional” durante sua gestão

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O governador João Azevêdo (Cidadania) avaliou que o Estado da Paraíba vive atualmente em tranquilidade institucional, clima que há muitos anos não existia. A referência foi clara ao antecessor, Ricardo Coutinho (PT) que viveu às turras com o Tribunal de Justiça, Universidade Estadual da Paraíba e durante alguns anos também com a Assembleia Legislativa.

“Essa estabilidade republicana na relação com os poderes permitiu que as pessoas fizessem uma análise de que esse ambiente favorece a todos: aos entes, que podem fazer parcerias constantes com o Governo, à população… A UEPB é o maior exemplo disso porque vivia numa briga eterna com o Estado por dinheiro. Eu fui visitar a UEPB e fui tão bem recebido que fiquei emocionado. Depois, entendi que isso se deu porque fazia 14 anos que um governador não ia lá. Isso faz com que tenhamos uma relação muito mais tranquila com a Assembleia. Ontem, quase 20 deputados participaram de um evento promovido pelo Governo. Isso faz com que partidos diferentes tenham a mesma leitura. Eu tento criar um ambiente propício para a tranquilidade empresarial, de negócios em que se honre os contratos, em que nenhum empresário seja extorquido ou receba propostas indiretas”, declarou em entrevista à Rádio Arapuan FM.

Ao ser questionado sobre a provável adesão do ex-prefeito Romero Rodrigues (PSD), João disse que ainda não teve condições de conversar com ele por causa de conflito de agendas. “Falei por telefone duas vezes e vamos nos encontrar. Isso só não aconteceu ainda por problemas de agenda. Vou conversar com todo mundo, mas a imprensa às vezes precipita os fatos. Divulgaram que havia uma chapa, mas não tratamos de nada disso. Estamos conversando e podemos construir”, resumiu.

João adiantou que deve estabelecer uma agenda de duas visitas mensais ao escritório do Governo em Campina Grande e Eva Gouveia foi nomeada secretária executiva de Articulação Política para articular esses compromissos: “Foi também uma homenagem ao ex-deputado e ex-vice governador Rômulo Gouveia, além de reconhecer a capacidade de Eva de aglutinar apoios”.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

UEPB: uma crise democrática

Confusão continua: TRE nega ter chancelado posse de Raissa Lacerda na Câmara

Anteriores

PM apreende armas e celulares com facção que planejava ataques em Santa Rita

Presos suspeitos de integrar facção que planejava matar ‘rivais’ em Santa Rita

PM, força tatica

Líder criminoso do Maranhão é preso novamente pela PM em João Pessoa

TCE 2021

TCE aponta excesso de servidores contratados em 44 municípios da PB

caminhaotombado

Caminhão com asfalto tomba em vala da BR 230 em Santa Rita

apreensao1 (1)

Operação cumpre mandados de prisão contra facção criminosa na Paraíba

padrastgo

Padrasto tenta culpar ex-esposa, mas pega 42 anos por assassinato de Júlia

hugomottaeministro

Ministro informa a Hugo que Paraíba deve ganhar novo aeroporto em São Bento

fasfasg

Célio Alves promete recorrer de condenação por violência de gênero

Edicoes-coisas-pra-ajeitar-1_Easy-Resize.com_-1

PGR denúncia Pâmela Bório por associação criminosa nos atos do 08 de Janeiro

operacaocartola

Operação Cartola: Gaeco reconhece a prescrição de penas de dois acusados no caso