Governador alerta que pandemia não acabou e secretário diz que Campina teve trágedia sanitária

O governador João Azevêdo (Cidadania) falou nesta segunda-feira sobre a falsa impressão de que a pandemia já acabou. No programa Fala Governador, levado ao ar pela Rádio Tabajara, ele enfatizou que mais de 360 pacientes ainda estão internados na Paraíba com Covid e os números no interior do Estado estão aumentando. Por isso, é preciso manter os cuidados com a higiene pessoal e o respeito ao distanciamento.

“São 367 pacientes ocupando leitos de enfermaria e UTI na Paraíba por causa da Covid-19. Sabemos que manter o distanciamento, usar máscaras em ambientes públicos e ter cuidados com a higiene pessoal continuam sendo remédio para salvar vidas. Se perdemos cerca de 2 mil paraibanos, sei que são 2 mil famílias que sofrem com a ausência de seus entes queridos. Podemos diminuir esse número de óbitos se a população continuar colaborando. A forma como a doença evolui, rapidamente ou não, depende de cada cidadão”, disse o governador.

As declarações de João Azevêdo vão no mesmo sentido da preocupação do secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros. “Otimismo com prudência. Se as pessoas não entenderem que necessitamos manter os cuidados de prevenção até chegar a vacina poderá ocorrer aquilo que nós estamos visualizando na Europa. Ontem ocorreram mais de 30 mil casos novos confirmados na Europa. Os jovens estão se aglomerando, se contaminando e levando para dentro de casa o novo coronavírus, que mata principalmente os pais, avós e bisavós destes jovens. Sábado em Campina ocorreu uma tragédia sanitária”, disse ele, numa referência às aglomerações ocorridas por causa do jogo entre Treze e Campinense.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.