Gilvan Freire participa de jantar com José Maranhão

O restaurante Bargaço, em João Pessoa, foi o cenário para um encontro político inesperado na noite de ontem. O ex-deputado Gilvan Freire (PTB) sentou-se à mesa com seu principal alvo de críticas: o governador José Maranhão (PMDB). Maranhão recebeu Gilvan com entusiasmo durante o jantar que oferecia para radialistas e jornalistas do Sistema Arapuan de Comunicação.

Ao Parlamentopb, Gilvan negou que sua participação no jantar tenha conotação de adesão ao Governo: "Foi apenas uma casualidade. Eu tinha marcado de jantar com o deputado Quinto de Santa Rita e fui ao restaurante para encontra-lo. Chegando lá, estava o governador com o pessoal da Arapuan. Cumprimentei a todos e fui efusivamente recebido pelo Governador. Aliás, ele sempre foi muito gentil comigo".

Na última sexta-feira, Gilvan foi um dos palestrantes do seminário promovido pelo PTB em Campina Grande para tratar de fidelidade partidária. O evento acabou de transformando no que ele mesmo chamou de marco da aliança do cassismo com Ricardo Coutinho (PSB). Apesar disso, Gilvan defende que Veneziano Vital (PMDB) é o melhor nome do PMDB para disputar o Governo do Estado.

"Continuo dizendo a mesma coisa", ratificou Gilvan Freire, apesar de admitir que o Governador sinalizou para que ele ingresse no PMDB: "Eles querem que eu me filie, mas eu só decido isso em setembro".

Sobre a conjuntura de intensa movimentação política, o advogado e ex-deputado declarou: "Os cronômetros não servem para medir o tempo político na Paraíba. Aqui, a política corre voraz. Só quem esconde que 2010 é agora é quem ainda precisa de tempo, os enrustidos e os complicados".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.