Gilvan esfria apoio a Ricardo: Nem rompo nem me comprometo

Cláudia Carvalho

O advogado Gilvan Freire (PTB) revelou hoje ao Parlamentopb ter desistido de se comprometer com o projeto de candidatura de Ricardo Coutinho (PSB) ao Governo do Estado e explicou suas razões: "Tudo tem a ver com o tratamento. Já fiz muito por Ricardo nos últimos três anos. Ricardo acha que só o conceito de sua gestão e dele bastam. Ele não tem traquejo com as lideranças. Então, eu nem rompo nem me comprometo", disse o suplente de deputado federal.

Gilvan almoçou ontem em Brasília com o prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo e com o irmão dele, Vital Filho, mas negou que sua disposição tenha vindo do encontro: "Nós tratamos da minha aproximação com a deputada Chica Motta. Gostaria de ter o apoio dela e do prefeito Nabor Wanderley, a quem apoiei nas últimas eleições, para minha candidatura a federal no ano que vem. Vitalzinho disse que abriria mão dos municípios em que foi ajudado por Francisca para me ajudar", revelou.

Além de almoçar com Veneziano, Gilvan se hospedou na casa do senador Cícero Lucena, na capital federal: "Cícero é quem melhor trata os aliados de Ricardo. Ele tem a atenção que Ricardo não tem".

Em outro ponto da conversa, Gilvan não confirmou que tenha uma reunião agendada com Ricardo Coutinho para hoje: "Eu soube que ele queria falar comigo. Mas, como você só fala com ele quando ele quer, eu espero que me comuniquem oficialmente".

Plano B – Sobre a conversa mantida com Veneziano Vital, no restaurante Piantella, em Brasília, Gilvan Freire disse que o prefeito se considera o Plano B de José Maranhão, mas há um temor entre seus aliados de que essa alternativa só seja sacada na undécima hora, se Maranhão constatar, através de pesquisas, a inviabilidade de sua própria candidatura.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.