Gervásio Filho reage a denúncias de Jacó: Ele tem que provar

Cláudia Carvalho

O deputado estadual Gervásio Maia Filho (PMDB) reagiu hoje às denúncias feitas pelo colega Jacó Maciel (PDT) sobre suposta ação do Governo para comprar o apoio de oposicionistas ao pedido de empréstimo ao BNDES. Para o líder do Governo, o parlamentar precisa provar o que disse:

"Ele tem que provar. É perigoso fazer denúncias assim. É uma fala de muita responsabilidade. Não se pode dizer que se acha que existe algo assim. Jacó precisa repensar o que disse. A base do deputado, Queimadas, está contemplada com recursos do empréstimo do BNDES. Não podemos ir atrasando a apreciação do empréstimo por causa de embates políticos", declarou, na Rede Paraíba Sat.

O líder também negou que tenha articulado qualquer movimentação para que Jacó ou outro parlamentar da base de oposição mudasse de lado: "Eu não convidei ninguém para aderir. Eu tenho conversado com os colegas e tentado sensibiliza-los para votarem a favor de matérias que sejam do interesse da Paraíba. É um debate de ideias".

Gervásio reclamou mais uma vez da demora na apreciação do pedido de empréstimo: "Inventaram uma desculpa que não nos convenceu de que os trabalhos pararam por causa da limpeza do arcondicionado. Disseram que faltava detalhamento e só pediram mais informações sobre o pedido, 14 dias depois dele chegar à Casa e sem dizer que dados eram solicitados. Atrasar esse empréstimo é atrasar o desenvolvimento da Paraíba. Os empréstimos pedidos no tempo de Cássio eram apreciados em no máximo 72 horas. Há uma manobra para atrasar a apreciação do projeto".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.