Gervásio Filho minimiza queda e diz que colegiado valoriza aliados

O deputado estadual Gervásio Filho (PMDB) minimizou o efeito da entrevista do governador José Maranhão (PMDB) que admitiu recorrer a um colegiado de líderes para fazer a defesa de sua administração na Assembleia Legislativa. Sem tratar a providência como uma perda de poderes do cargo que ocupa, Gervásio disse que a ideia não é nova:

– O que se vem buscando ao longo desses anos é que o colegiado de líderes possa realmente funcionar. Cada partido que tem um número mínimo de três deputados pode indicar um líder. É o caso, por exemplo, do PSB.

Apesar da declaração do líder, o PSB não tem mais três deputados. A bancada socialista debandou em outubro por causa da pré-candidatura de Ricardo Coutinho ao Governo. Carlos Batinga, Guilherme Almeida e Leonardo Gadelha migraram para o PSC. Expedito Pereira, primeiro suplente, também deixou o PSB pelo PMDB.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.