Gervásio desconversa sobre ausência de Maranhão entre ministros

O deputado estadual Gervásio Filho (PMDB) evitou se aprofundar hoje na repercussão do fato de o governador da Paraíba não ter sido confirmado como ministro da presidente eleita Dilma Rousseff (PT) na lista de cinco peemedebistas divulgada ontem pela petista. Segundo Gervásio, Maranhão ainda pode ser aproveitado entre os auxiliares da presidente, dependendo do empenho dos ministros peemedebistas:

– Eu noto que as coisas estão se definindo sobre os ministérios do PDMB e a Paraíba não está no curso desse processo. Garibaldi Alves foi chamado para a Previdência, por exemplo, e há uma distância no espaço para a Paraíba. Fica complicado fazer projeção porque o tema é restrito à bancada federal, que está por dentro dessas articulações. Os demais cargos serão definidos após a posse desses ministros. Com certeza, os ministros do PMDB vão buscar mais espaços para o partido.

Antes de Gervásio, o secretário-chefe da Casa Civil, Inaldo Leitão, havia previsto o aproveitamento de José Maranhão em uma estatal do governo federal. No passado, o governador tentou emplacar o sobrinho, Benjamin Maranhão, na Eletrobrás, mas não teve êxito.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.