Gervásio acredita que oposição terá maioria na Assembleia

Mafalda Moura

O deputado estadual reeleito Gervásio Maia Filho (PMDB) comentou as estratégias que seu partido irá utilizar para voltar ao governo em 2016. Ele disse que nesse momento as atenções estão voltadas para a conclusão dos compromissos de 2010, como a votação do orçamento, a eleição dos defensores públicos e outras matérias de menor relevância, mas a partir do ano que vem, o fortalecimento do PMDB nos 223 municípios será uma missão encampada pela cúpula da agremiação.
 
– Os 223 municípios têm sua importância. Nesse momento, nos estamos debruçados na votação do orçamento, na votação do projeto de lei dos defensores e outras matérias de menor relevância, mas a partir do ano que vem vamos pensar e também no âmbito estadual, no fortalecimento do partido no âmbito estadual e discutindo a executiva estadual – afirmou.
 
O atual líder do Governo Maranhão acredita que a oposição terá maioria da Assembléia Legislativa em fevereiro de 2011, quando toma posse a nova legislatura.
 
– Se fizermos um análise dos nomes que foram eleitos, todos tem ótimas relações com seus partidos. Na política, muitas coisas podem acontecer, mas eu imagino que esses devam seguir a orientação de seus partidos. A oposição se mantém firme dentro dos seus ideais.
 
Prestadores de serviço – O deputado é contra a demissão em massa de mais de 30 mil servidores estaduais recomendada pelo Ministério Público Estadual. Gervásio declarou que a medida, além de gerar o desemprego, pode causar paralisia na máquina administrativa:
 
– O governador Maranhão disse que não demite, por uma situação muito simples: são esses servidores que tocam boa parte do segmento da educação e boa parte do segmento da saúde. Então, se você demite todo mundo, cria um problema muito grande e por outro lado você vai gerar uma paralisia na máquina administrativa. Essa é uma medida que deve ser muito pensada para não trazer grandes prejuízos.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.