Gasolina escassa sobe para R$ 4,50 em Cajazeiras; Recife cobra R$ 8,99

A crise dos combustíveis tem reflexos em todo o Estado da Paraíba. Na noite desta quarta-feira, 23, apenas três postos de Cajazeiras tinham gasolina para comercializar. O resultado foram longas filas e o preço ainda mais alto que o habitual: R$ 4,50.

Com o desabastecimento causado pelas bloqueios de caminhoneiros em portos e rodovias de todo o país, em João Pessoa, a corrida aos postos também elevou os preços dos combustíveis. Na avenida Nossa Senhora de Fátima, o Posto Verão atraiu dezenas de motoristas que se dispuseram a pagar R$ 4,33 pelo litro da gasolina comum.

Na capital pernambucana, contudo, a situação é ainda mais dramática. Um posto no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife, chegou a vender o litro da gasolina a R$ 8,99 durante a tarde de hoje. À noite, o estabelecimento foi interditado pelo Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon-PE) e recebeu uma multa no valor de R$ 500 mil, além de ter que ficar 72 horas sem funcionar.

Outros três postos na capital pernambucana também foram autuados por preços abusivos. Dois deles, localizados na Avenida Norte, no bairro de Santo Amaro, no Centro da cidade, tinham preços a R$ 5,59 e R$ 4,99. O outro estabelecimento fica em Boa Viagem, na Zona Sul, onde a gasolina estava sendo vendida a R$ 4,89. Na segunda (21), o preço do combustível, no mesmo estabelecimento, era de R$ 4,39.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.