Fundador da Maurício de Nassau recebe cidadania pessoense

Em sessão solene realizada no final da tarde dessa quinta-feira (3), a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) entregou ao empresário Janguiê Diniz, fundador e acionista controlador do Grupo Ser Educacional, o "Título de Cidadão Pessoense".

A sessão foi comandada pelo presidente da Casa, vereador Durval Ferreira (PP), e a honraria foi concedida pelo ex-vereador Watteau Rodrigues (PCdoB), que hoje coordena o Procon Municipal. O evento ocorreu nas dependências do novo prédio da faculdade e contou com a presença de políticos, empresários e jornalistas de toda a Região Nordeste.

Antes da sessão, o Grupo Ser Educacional inaugurou o novo campus da Faculdade Maurício de Nassau, em João Pessoa. A nova sede fica localizada na Avenida Epitácio Pessoa, uma das vias mais importantes da Capital paraibana, e tem a expectativa de captar mil novos alunos, além dos 1,8 mil que já estudam na Maurício de Nassau, em João Pessoa.

O Ser Educacional contabiliza, em seu total, 30 mil alunos em nove unidades, distribuídas em cinco estados nordestinos – Pernambuco, Paraíba, Bahia, Alagoas e Rio Grande do Norte.

Perfil

José Janguiê Bezerra Diniz nasceu em 21 de março de 1964, em Santana dos Garrotes, pequena cidade do Sertão da Paraíba. Aos cinco anos, fugindo da seca, seus pais se mudam para a região norte, vindo a morar em Mato Grosso e, posteriormente, em Rondônia.

Aos 14 anos de idade, já há um propósito em seus passos: seguir a carreira jurídica. Desta vez, são seus próprios pés que povoam mais uma estrada, rumo a Pernambuco. Iniciou sua formação na Faculdade de Direito de Recife da UFPE. Bacharel em Direito, concluiu também o curso de Letras – Licenciatura em Inglês pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap). Na Aliança Francesa, conclui o curso de francês, em Recife.

Na Cultura Inglesa, em parceria com a Universidade de Cambridge, Inglaterra, o curso de Inglês. Na Escola Superior da Magistratura de Pernambuco, conclui pós-graduação e se prepara para a magistratura. Participou de vários congressos nacionais e internacionais de Ciências Jurídicas.

Presta concurso em 1986 para diplomata, vindo depois a desistir por descobrir que a diplomacia não retratava suas aspirações. Em 1992, torna-se juiz togado do TRT da 6ª Região; e desde 1993 é procurador regional do Ministério Público do Trabalho em Pernambuco.

Especializa-se em Direito do trabalho, pela Unicap, e em Direito Coletivo pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), em Turim, Itália. Conclui o mestrado e o doutorado em Direito Processual do Trabalho pela UFPE.

Em sua docência, o professor efetivo da cadeira de Processo Civil e Trabalhista da Faculdade de Direito do Recife da UFPE edifica sua própria instituição de ensino superior. Emerge em Pernambuco a Faculdade Maurício de Nassau.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.