Funcionários da Caixa fazem mobilização em dia de luto por vítimas da Covid e cobram vacinas

O Brasil está com mais de 417 mil mortos pela Covid-19 e mais de 15 milhões de infectados desde o começo da pandemia do novo coronavírus, em março do ano passado. São familiares, amigos, colegas de trabalho que vão embora por conta de uma doença para qual já existe vacina. Diante deste cenário, os empregados da Caixa Econômica Federal estão realizando um dia de luto pelas vítimas da doença nesta terça-feira (11), mesmo dia em que acontece a mesa permanente de negociação entre a Comissão Executiva de Empregados da Caixa (CEE/Caixa) e a direção do banco.

O ato conta com carro de som nas agências de João Pessoa e um tuitaço. Também é uma mobilização pela vacina já, por melhores condições de trabalho, além de um grito de resistência à privatização do banco.

“Motivos não faltam para realizarmos esse dia de luta e de luto. São dezenas de colegas que perderam a vida para a doença, além de centenas que foram contaminados. Não nos resta dúvida de que muitas mortes teriam sido evitadas se não fosse o negacionismo do governo em garantir as vacinas com antecedência. Além disso, denunciamos também a irresponsabilidade em deixar o pagamento do auxílio emergencial de milhares de brasileiros concentrado somente com a Caixa, o que aprofundou o cenário caótico dentro das agências, com filas quilométricas, aglomerações, aumentando os riscos de contaminação dos empregados e da população”, disse o presidente do Sindicato dos Bancários da Paraíba, Lindonjhonson Almeida.

Desde o dia 22 de abril os empregados da Caixa decidiram, em assembleia, decretar estado de greve. No dia 27 de abril os trabalhadores fizeram 24 horas de paralisação por diversas reivindicações, entre elas a vacinação para a população e para os trabalhadores do banco, além do reforço nos protocolos de prevenção e por mais contratações.

Junto ao dia de luto haverá um tuitaço, às 10h horas. Mobilize-se e participe deste ato utilizando nas suas redes as hashtags #EmpregadosCaixaEmLuto #LutoPelasVítimas #SomosMaisQueNúmeros #VacinaJá

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.