Frei Anastácio volta a cobrar impeachment de Bolsonaro e cita pesquisa

O deputado federal Frei Anastácio voltou a cobrar da presidência da Câmara, que coloque em votação pelo menos um dos mais de 60 pedidos de impeachment de Bolsonaro que estão na casa. “A pesquisa Datafolha do final de semana mostrou que a maioria dos entrevistados já é a favor do impedimento de Bolsonaro. O povo está consciente de que esse governo está destruindo o Brasil”, disse.

O deputado citou ainda que a pesquisa revelou também que a maioria dos entrevistados (50%) não confia no que o presidente fala e 58% declararam que Bolsonaro é incapaz de governar. “Essa pesquisa mostra o clamor da população, que não suporta mais tantos desmandos. É hora de levar os pedidos de impeachment para o plenário da Câmara, é o povo que está pedindo”, ressaltou.

Fome, miséria e luto

O parlamentar relatou ainda que mesmo diante de toda pressão do povo, Bolsonaro continua governando para a família e amigos. “Mesmo diante da pressão de todos os lados, Bolsonaro ainda teve a ousadia de, numa canetada só, conceder aumentos astronômicos para salários de ministros militares, além de também beneficiar a ele próprio e ao vice-presidente. Isso é vergonhoso”, disse.

Frei Anastácio enumera que além das denúncias dos R$ 3 bilhões em emendas secretas para comprar apoio de parlamentares no Congresso, em plena pandemia, um aumento salarial para quem já ganha muito bem mostra que Bolsonaro não está preocupado com o bem-estar da nação. “Além do luto por quase meio milhão de mortos pela pandemia, o país sofre com mais 17 milhões de pessoas passando fome e mais da metade da nação enfrentando insegurança alimentar. Mas, o presidente não está nem aí. Nem fala sobre isso. Para ele e Paulo Guedes está tudo bem, mesmo diante da fome, da miséria e do luto”, acentuou.

VEJA TAMBÉM

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.