Frei Anastácio diz que os mil dias do governo Bolsonaro trouxeram fome e morte

O deputado federal Frei Anastácio (PT) avalia que os mil dias do governo Bolsonaro trouxeram para o povo muita fome, miséria, morte, descaso com a pandemia, desemprego, destruição de direitos, sucateamento da educação, da saúde, da ciência, programas sociais, desprezo à agricultura familiar, destruição do meio ambiente, ataques à democracia e falta de perspectivas para o povo brasileiro.

 “Esse governo é uma tragédia para a nação, que não vê outra saída a não ser o impeachment, ou a derrota de Bolsonaro nas eleições de 2022. As pesquisas de todos os institutos mostram isso. Uma mais recente (Datafolha) revelou que até grande parcela dos eleitores de Bolsonaro votaria em Lula, num eventual segundo turno”, disse o deputado.

De acordo com o parlamentar, a população sofre com os impactos de toda a tragédia do Governo Bolsonaro. “Prova disso, é a pesquisa do IPEC mostrando que 53% da população brasileira reprova o Governo Bolsonaro. Além disso, o presidente também está perdendo força política com aliados importantes que o ajudaram a eleger em 2018”, argumentou.

O parlamentar lembrou ainda que enquanto isso, o ex-presidente Lula cresce nas pesquisas e firma alianças importantes para o pleito de 2022. “Durante os Governos Lula e Dilma, o povo esqueceu o que era passar fome e não ter perspectiva de futuro. Bolsonaro trouxe medo e insegurança, por isso os brasileiros e brasileiras agora esperam votar em Lula em 2022 para voltar a ter direitos básicos, a exemplo de comida na mesa, emprego e filhos na Universidade. O povo agora espera um líder de verdade para colocar o Brasil nos trilhos novamente”, concluiu.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.