Frei Anastácio acredita que PT/PSC e PP vão combater autoritarismo de governo

O deputado estadual, Frei Anastácio (PT), vice-presidente estadual da legenda, elogiou hoje o PP/PSC e PT pela posição tomada na última terça-feira, em reunião, que culminou na publicação e uma nota conjunta. “Ao invés do autoritarismo imposto pelo governo do PSB, nos quatro cantos do estado, a aliança que está sendo construída a partir dessas três legendas esses é na base da democracia, sem nenhuma imposição”, disse o deputado

Segundo o parlamentar, a junção de forças desses partidos se firma na perspectiva de construção de uma agenda propositiva para a Paraíba nas eleições de 2012. “Estamos partindo juntos para reforçar a base de sustentação do governo federal, na Paraíba, com perspectivas de ampliação do leque de aliados, para enfrentar o governo do PSB, que recebe apoio do DEM e PSDB, dois adversários do governo federal”, destacou.

O petista reafirmou que João Pessoa está no leque das prioridades de construção de um projeto político, que visa estabelecer as reais condições para a edificação de um novo modelo de gestão pública. “Estamos construindo o projeto pautado nos princípios que norteiam a transparência das ações governamentais, valorização funcional e remuneratória dos servidores, reestruturação da educação e da saúde”, afirmou.

Encontro Nacional

Frei Anastácio proferiu palestra, terça-feira (24) durante Encontro Nacional sobre a ação solidária do Frei Beda. O evento foi realizado no Convento de Ipuarana, em Lagoa Seca, com participação de 100 pessoas de todo Brasil. Frei Anastácio falou sobre as Políticas Públicas do Governo Federal, mostrando o que foi realizado, os entraves e o papel dos movimentos sociais na aplicação das políticas.

Imissão de posse

O parlamentar participou também da imissão de posse realizada pelo INCRA na fazenda Quirino, em Juarez Távora,que tem 901 hectares,onde vivem 30 famílias de posseiros. “Essa imissão de posse representa uma das maiores conquistas dos trabalhadores rurais na Paraíba. Essa fazenda foi palco de despejos autorizados pela justiça, espancamento de posseiros por capangas e muita espera. Foram 14 anos de luta, que finalmente chegaram a uma vitória. Um processo de negociação que avançou durante minha gestão como superintendente do INCRA e concretizada no ano passado, com Lenildo Morais”, disse o deputado.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.