Assaltante procurado em PE e RN é preso na Paraíba onde era dono de supermercado

Um trabalho da Força Tarefa da Secretaria da Segurança e da Defesa Social da Paraíba (Sesds), realizado pela Polícia Civil, por meio do Grupo de Operações Especiais (GOE) com o apoio do setor de inteligência e Instituto de Polícia Cientifica da Paraíba (IPC), nesta segunda-feira (11), resultou no cumprimento de um mandado de prisão expedido pela Justiça contra um assaltante procurado nos Estados do Rio Grande do Norte (RN) e Pernambuco (PE).

A ação recebeu o nome de Desmasc, uma referência à palavra desmascarado, já que o suspeito Alysson Honorato de Araujo, 33 anos, sempre usava nome falso para não ser descoberto pela polícia. As investigações, que terminaram com a prisão do suspeito, começaram após o GOE receber informações de policiais da Força Nacional que estão em missão no município de Mossoró (RN). Eles informaram que Alysson podia estar morando na cidade de Rio Tinto, no litoral norte da Paraíba.

Policiais do Grupo de Operações Especiais foram até o local e por meio de imagens comprovaram a informação. Como Alysson foi preso em flagrante na Paraíba em 2015, por ter participado de um furto a agência do Bradesco em João Pessoa, as digitais dele foram confrontadas com as enviadas pelo Rio Grande do Norte, onde ele foi condenado por roubo qualificado. No IPC foi constatado que Alysson era o homem que os policiais procuravam.

O foragido da Justiça do Rio Grande do Norte foi preso no município de Mamanguape, quando caminhava na rua. “Aqui no Estado, Alysson usava o nome falso de Ageu Emanoel Morais Correia, chegou a apresentar aos nossos policiais na hora da abordagem documentos com este nome. Ele estava morando na Paraíba desde 2015 e era dono de um supermercado no município de Baia da Traição. Mesmo respondendo em liberdade pelo crime de furto qualificado a banco, ninguém desconfiava que ele fosse um foragido da Justiça. Alysson é um homem investigado por vários crimes em Pernambuco, por um roubo ao banco Itaú, e em Camaragibe, por latrocínio, roubo seguido de morte. Agora, ele também vai responder na Justiça por uso de documento falso. Nesta terça-feira (12) vamos encaminhar o suspeito para a audiência de custódia na cidade de Mamanguape”, concluiu a delegada do GOE, Karina Torres.

Assaltante procurado em PE e RN é preso na Paraíba onde era dono de supermercado

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.