Folha de S. Paulo registra morte de Lena Guimarães

A morte da jornalista paraibana Lena Guimarães, 62 anos, ocorrida na última segunda-feira, 18, foi registrada na seção obituário do jornal Folha de S. Paulo, assim como o fato de a cajazeirense ter sido a primeira mulher diretora de Redação na Paraíba.

Lena teve falência múltipla de órgãos e morreu no Hospital da Unimed, em João Pessoa, em decorrência de um câncer de pâncreas diagnosticado no ano passado.

O jornal destaca que “a personalidade forte, a dedicação ao trabalho e o humor ácido eram características marcantes” de Lena.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.