Fetag auxilia trabalhadores rurais para aquisição de fazenda

Representantes das 72 famílias de trabalhadores e trabalhadoras rurais, que há mais de 20 anos vivem e trabalham na Fazenda Serrote da Imbiguda, localizada no município de Casserenge, estiveram na última segunda-feira (11), na sede da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba (Fetag-PB), em João Pessoa, onde participaram de reunião para aquisição definitiva da propriedade pelo Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF).
 
O encontro que teve a intermediação da Fetag-PB, através de seu presidente Liberalino Lucena, contou com a participação do coordenador do PNCF junto ao Instituto de Terras e Planejamento Agrícola do Estado da Paraíba (Interpa), Pereira; do superintendente do Instituto Nacional da Colonização e Reforma Agrária (Incra), Cleofas Caju; e do proprietário da Fazenda, Leonardo Jardelino.
 
Na oportunidade, o representante do Interpa, Pereira, explicou que solucionado o conflito de invasão da terra com o auto de reintegração de posse emitido pelo Poder Judiciário, o processo de compra da Fazenda Serrote da Imbiguda pelo PNCF, seria naturalmente retomado. “Só teremos que atualizar alguns documentos, como a declaração de elegibilidade, que é fornecida pelo Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR) de Cassarenge, para concluirmos o processo e autorizarmos a aquisição pelo Banco”, afirmou Pereira.
 
Já o superintendente do Incra, Cleofas Caju, se comprometeu em fornecer a declaração de que o imóvel foi dado como produtivo na avaliação feita anteriormente, e que o Instituto não tem processo aberto de obtenção das terras em questão.
 
O presidente da Fetag-PB, Liberalino Lucena, se disse satisfeito com o resultado da reunião. “Essa é uma das funções da entidade, que busca melhores condições de vida para os trabalhadores e trabalhadoras rurais paraibanos. Esperamos que todas as partes cumpram, realmente, com o que se comprometeram e que, enfim, essas famílias possam ter paz e produzir num local com o qual se identificam e tem suas raízes”, concluiu.
 
Serrote da Imbiguda – Desde 2008, 72 famílias de trabalhadores e trabalhadoras rurais que vivem e trabalham há mais de 20 anos na propriedade rural e do entorno, localizada no município de Casserenge, Paraíba, lutam para adquirir as terras pelo Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF).
 
“São muitos anos que a gente vem batalhando pela nossa terra. Somos agricultores desde crianças e estamos batalhando pelo nosso chão. Ainda estamos prejudicados sem poder trabalhar na nossa terra, nem passar perto a gente podia mais. Estamos muito felizes por estar aqui hoje e poder levar novos sonhos para casa, para nossas famílias. Que os nossos filhos não vão embora para São Paulo e outras cidades a procura de trabalho. Nosso sonho é criá-los aqui, filhos e netos vivendo da agricultura”, declarou Maria Oliete Cordeiro, presidente da Associação Bento Jardelino, que representa as famílias.
 
O imóvel, de propriedade de Leonardo Jardelino Costa, tem 1.157 hectares, e foi invadido por duas vezes pelo Movimento dos Sem Terra (MST). Reintegrada a posse ao proprietário, a Fazenda deverá ser adquirida por R$ 2.198,300,00 (Dois milhões, cento e noventa e oito mil, e trezentos reais). O projeto foi aprovado pela Câmara Técnica Fundiária e pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRS), em 2013.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.