Festival Mundo começa hoje com nove bandas na Usina Cultural Energisa

A programação de shows do Festival Mundo começa neste sábado (13) e reverbera pelas estruturas da Usina Cultural Energisa o som de nove bandas de vários cantos do Brasil e da Argentina. Além dos shows, acontecem mostras audiovisuais, feira cultural e lançamentos de livros que garantem a multiplicidade da programação do maior festival independente do estado.

Um grupo para lá de inusitado foi formado especialmente para abrir o Festival – a Varadouro Groove Orchestra (VGO) – que conta com 10 baterias, baixo, guitarra e metais, reunindo uma boa amostra dos melhores músicos paraibanos. A VGO se apresenta hoje às 16h saciando a curiosidade de muitos para conferir tantas baterias tocando juntas.

Logo em seguida sobem ao palco principal a paraibana Ubella Preta, A Banda do Joseph Tourton (PE), Pé de Coco, Falsos Conejos (Argentina), Wado (AL), Desalma (PE) Madness Factory  e Violator (DF), uma das principais atrações da noite. Violator é uma das bandas de Thrash Metal mais conhecidas do gênero mundialmente. Na ativa desde 2002, os caras trazem a união do Thrash com o Hardcore, no intuito de garantir uma cena produtiva no gênero “a la” anos 80.

O Festival Mundo começou na sexta-feira (05) e chega este final de semana ao seu ponto máximo com uma maratona de shows que vai reunir 27 bandas na Usina Cultural Energisa, em João Pessoa, hoje, amanhã e segunda-feira.

O evento é filiado à ABRAFIN (Associação Brasileira de Festivais Independentes), está integrado ao Circuito Fora do Eixo e será realizado na Usina Cultural  Energisa, com apoio do SEBRAE, FUNJOPE, SEDES, Handfull Informática, GrafSet e ABD-PB e Energisa. O site oficial, patrocinado e produzido pela agência SODA Virtual.

Para acompanhar a programação do festival é só acessar www.festivalmundo.com.br
 
 
Mostra Audiovisual
 
A mostra audiovisual, com o tema “Sexo, drogas e rock”n roll” acontecerá na Sala Digital, paralelamente aos shows durante os três dias em uma parceria entre o Festival, a Associação Brasileira de Documentaristas da Paraíba (ABD/PB) e o Tintin Cineclube. Na mostra estarão curtas locais e nacionais.
Além dos vídeos, projetos locais que misturam música ao vivo e projeções serão apresentados ao fim de cada noite, com Parahyba Art Ensemble (ChicoCorrea & convidados), O Melhor Amigo do Homem (Thiago Sombra e Felipe Spencer) e, para finalizar na última noite, Comfusões Live (Mauricio Pacheco (RJ), Chico Correa e Carlos Dowling)
 

Exposição 
 
Também está aberta no local até dia 25 a exposição “V”, cuja vernissage marcou a abertura do Festival no último dia 05. Estão na mostra artistas em ascensão e também já renomados apresentando ilustrações, pinturas, infogravuras, desenhos, vídeo-arte e fotografias sob a curadoria de Diego Gerlach, Thiago Trapo e coordenação de Fábio Queiroz.
 
Ingressos
 
Pacote promocional para os três dias:  R$40
Ingresso promocional avulso: R$15
Ingresso avulso social: R$10 + 1kg de alimento não perecível
 
 
SHOWS: a partir das 16h
 
Sábado (13/11)

Violator (DF)
Madness Factory
Desalma (PE)
Wado (AL)
Falsos Conejos (Argentina)
Pé de Coco
A Banda do Joseph Tourton (PE)
Ubella Preta
Varadouro Groove Orchestra
 
Domingo (14/11)

Móveis Coloniais de Acaju (DF)
Julia Says (PE)
Beto Brito
Seu Pereira & Coletivo 401
Os Reis da Cocada Preta
Sem Horas
Elmo
Anjo Gabriel (PE)
Dalva Suada
 
Segunda (15/11)

Bnegão & Os Seletores de Frequência (RJ)
Abiarap
The Tormentos (Argentina)
Cabruêra
Camarones Orquestra Guitarrística (RN)
Gigante Aniamal (SP)
Fóssil (CE)
Sex On The Beach (CG)
Madalena Moog
 

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.