Festival Internacional de Arte Naif vai movimentar Guarabira durante 40 dias

O município de Guarabira, no Brejo Paraibano, se prepara para um grande movimento de estudantes, turistas e a sociedade em geral para contemplar as cores e a beleza da Arte Naif durante 40 dias. O FIAN (Festival Internacional de Arte) será lançado oficialmente na próxima quarta-feira (22), a partir das 7 da noite, com abertura da exposição e atrações musicais. Depois, o salão ficará aberto ao público até 30 de junho, atendendo ao público e caravanas de visitantes de outras cidades.

Para tanto, a Secretaria de Cultura e Turismo de Guarabira já está montando um sistema de agendamento para grupos pertencentes a instituições de ensino, agências de turismo ou quaisquer órgãos e entidades que tenham interesse em conhecer as obras expostas. Ao todo, estarão expostos 174 trabalhos de autores de vários estados do Brasil e mais 12 países, os quais foram selecionados entre centenas de pintores inscritos, no último mês de fevereiro.

Como um festival de abrangência internacional, o salão vai contar com artistas e obras do Uruguai, Nicarágua, México, Itália, Cuba, Eslováquia, Lituânia, Argentina, Costa Rica, Burkina Faso, Portugal e Romênia. Do Brasil, além de vários artistas participantes, o evento fará homenagens ao pintor baiano Waldomiro de Deus, considerado um dos principais expoentes da Arte Naif brasileira, e também ao paraibano Josenildo Suassuna, recentemente falecido, que será representado por familiares. No ano passado, o pintor guarabirense Clóvis Júnior foi o homenageado.

A vernissage, na noite do dia 22, vai contar com a presença da museóloga Jacqueline Finkelstein, diretora do Museu de Arte Naif do Brasil (MIAN), localizado no Rio de Janeiro, que estará em Guarabira como convidada de honra, em virtude do seu trabalho à frente do Mian e uma das maiores promotoras desse segmento artístico no país e no exterior.

A exposição será aberta pelo prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano, que em 2016 teve a iniciativa de inaugurar um museu de Arte Naif na cidade, restaurando uma velho sobrado que se encontrava em ruínas e que hoje é um dos pontos turísticos mais visitados no município, conhecido como Casarão da Cultura. No local, além de um acervo de obras em Naif, ainda funciona o Museu da Imagem e do Som e valiosas relíquias da cultura popular.

A abertura do festival será no Centro de Documentação Cel. José Pimentel (CEDOC), localizado na praça da catedral de Nossa Senhora da Luz, centro da cidade. O evento será aberto ao público a partir das 7 da noite dessa quarta-feira (22), mesmo local onde aconteceu a primeira edição, também em maio do ano passado. Pessoas interessadas em agendar visitas poderão entrar em contato com a Secretaria de Cultura e Turismo, pessoalmente ou pelo seguinte endereço eletrônico:secultgba@gmail.com . O Fian é uma realização da Prefeitura Municipal de Guarabira em parceria com o Ateliê Adriano Dias.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.