Festa da Luz gera impasse e prefeita briga por camarotes em Guarabira

A cidade de Guarabira vive um momento de desentendimentos no campo político e os problemas giram em torno da Festa da Luz, um evento que já faz parte do calendário cultural do Estado. A prefeita Fátima Paulino (PMDB) não conseguiu se entender com um dos empresários do evento. O impasse foi criado depois da assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o Ministério Público, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e a Prefeitura Municipal, com o objetivo de dividir os espaços que serão utilizados no evento. 
 
Depois que as áreas foram delimitadas, a prefeitura voltou atrás e quis retomar um terreno que já estava ocupado, dividido em camarotes e vendido. Gerou-se então um problema. A prefeita, no entanto, afirmou que vai até as últimas consequências para recuperar o local:
 
– Se não for revisto esse TAC, os nossos patrocinadores e meus companheiros de trabalho não tiverem espaço como sempre tiveram em todas as festas da Luz, eu vou tomar uma medida até onde o meu poder puder ir. Onde eu puder ir, eu vou. Não quero tomar medida nenhuma, pois quero a amizade e fraternidade, mas vou até o fim. 
 
Ainda hoje haverá uma nova reunião com representantes da prefeitura, Ministério Público e empresários locais para tentar resolver o impasse.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.