Falta de votações domina pronunciamentos na Assembleia

O início da sessão de hoje da Assembleia Legislativa da Paraíba foi dedicado à repercussão, pelos próprios deputados, da falta de votações que acontece há pelo menos três semanas na Casa. Um dos que comentou o assunto foi João Gonçalves (PSDB), que fez um apelo para que colegas de situação e oposição frequentem mais o plenário. Ele descartou, contudo, as acusações de que o emperramento dos projetos seja culpa do bloco governista, que tem maioria.

– A culpa não é de um bloco, mas do conjunto dos deputados. Todos têm que comparecer a esta Casa e trabalhar. Quem não concordar com os projetos, vote contra, mas vote.

Depois dele, o petista Frei Anastácio ocupou a tribuna e não mediu as palavras em relação ao líder do Governo, Lindolfo Pires (DEM). O deputado se disse indignado com uma entrevista concedida pelo colega em que ele atribuia a responsabilidade pela falta de votações às manobras da oposição, que se retira sistematicamente do plenário para quebrar o quorum:

– Estamos virando chacota para a população por causa da liderança do Governo. Ele mente na imprensa e lamento que ele não esteja aqui para ouvir isso. A culpa é da liderança do Governo que não fala a verdade e vai para a CCJ empurrar matérias de goela abaixo. O líder do Governo está "bichado".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.