Fábio Tayrone é inocentado de Aije por compra de votos

A Corte do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), julgou na tarde de hoje o Recurso impetrado pelos advogados do ex-candidato a prefeito André Avelino Gadelha (PMDB) contra a decisão do juiz da 63ª zona eleitoral que julgou improcedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral contra o prefeito da cidade de Sousa, Fábio Tayrone (PTB).

Fábio Tayrone respondia pelas acusações de captação ilícita de sufrágio, distribuição de exames médicos e material de construção, entre outras denúncias anteriormente negadas na 63ª zona eleitoral por falta de provas.

Depois da sustentação oral dos advogados, o relator, juiz João Ricardo Coelho, entendeu que não existia provas suficientes para que houvesse cassação e votou pelo desprovimento da ação. Os demais membros do TRE seguiram o voto do relator.

Os advogados de André Gadelha, que perdeu a eleição para Tayrone e depois foi eleito deputado estadual, anunciaram que vão recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.