Fábio Maia, Yuri Simpson e Damísio Mangueira são exonerados do Governo da Paraíba

O Diário Oficial do Estado da Paraíba circula nesta quarta-feira, 27, com as exonerações de dois auxiliares importantes da gestão de João Azevedo. Um deles é Fábio Maia, socialista muito próximo do ex-governador Ricardo Coutinho, que foi desligado da secretaria executiva de Planejamento do Governo. Para o cargo, foi nomeado Francisco Petrônio de Oliveira Rolim.

A outra exoneração é a de Yuri Simpson Lobato que deixa a Presidência da PBPREV – Paraíba Previdência. Yuri é casado com uma sobrinha de Ricardo Coutinho. Para a função dele foi nomeado José Antonio Coelho Cavalcanti. O procurador da PBPrev, Jovelino Delgado Neto, também foi exonerado e para o posto nomeado Paulo Wanderley Câmara.

Outra exoneração que se refere a um cargo administrativo, mas também é importante foi a do ex-prefeito de Triunfo, Damísio Mangueira, que era Chefe do Setor Administrativo do Núcleo Regional de Atendimento ao Servidor de Cajazeiras. Ele foi preso na Operação Recidiva no último dia 20 e a respeito do ex-prefeito a Polícia Federal informou que constam denúncias de irregularidades praticadas à frente da prefeitura como fraude em licitação e superfaturamento, no âmbito da Operação Sanguessuga.

Comentários