Fábio Maia comenta exoneração: “Fiz minha escolha e faria de novo”

Aliado do ex-governador Ricardo Coutinho, Fábio Maia foi exonerado hoje da secretaria executiva de Planejamento do Governo da Paraíba. Depois do ato publicado, ele comentou a saída da gestão de João Azevedo em uma publicação feita no Instagram e ilustrada com uma foto em que aparece ao lado do ex-governador.

Confira a íntegra do texto:

Eu tenho convicção de que a vida é feita de escolhas e de consequências decorrente destas. Fiz a minha e faria de novo quantas vezes fossem necessárias. Fiz parte da gestão do PSB que transformou a história desse Estado, participando da construção e execução de projetos que transformaram a Paraíba e a vida dos Paraibanos, e que deram, inclusive, destaque nacional ficando a Paraíba entre os 10(dez) estados brasileiros no Prêmio Excelência em Competitividade por dois anos seguidos. Eu sempre estive pronto para o que fosse necessário ideologicamente no PSB. Ao lado da maior liderança política da Paraíba, o ex-governador Ricardo Coutinho e outros companheiros comprometidos com a causa e não com cargos, transformamos um cenário histórico de descaso e desrespeito com o povo numa realidade em que o poder fosse compartilhado com os paraibanos e paraibanas, através de uma gestão ousada, participativa, inclusiva e atuante que teve sempre as políticas públicas afirmativas como norte. Foi esta gestão exitosa que teve papel determinante para que o povo da Paraíba votasse na continuidade do projeto do PSB em 2018. No entanto, essa parte decisiva da história tornou-se uma amnésia daqueles que de fato defendem outros horizontes e, principalmente, interesses pessoais e não republicanos. Nunca precisei de cargos para ter meus posicionamentos políticos e ideológicos. Construí minha trajetória na base sólida das lutas, movimentos sociais e sindicais. Prefiro a dúvida momentânea do que vivemos a certezas que eles pensam que têm. Estou do lado certo e das pessoas corretas. Aos companheiros de estrada, de luta e semeadores de dias melhores, nos encontraremos nas caminhadas futuras das ruas. Não teria como fazer outra escolha, pois preciso dormir tranquilo, andar com a espinha ereta, o peito aberto e a consciência tranquila. “Eu Passarinho, eles Passarão”. Adelante!

Fábio Maia, Yuri Simpson e Damísio Mangueira são exonerados do Governo da Paraíba

Comentários