Fabiano Lucena alega ausência de juízes no TRE e recorre ao TSE

O deputado estadual Fabiano Lucena (PSDB) comentou hoje à tarde o resultado da sessão de ontem do Tribunal Regional Eleitoral que cassou seu mandato por 3×2 ontem à noite. O parlamentar declarou-se tranquilo com a sentença, mas garantiu que vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com um pedido de liminar que deve ser apreciado pelo ministro Marcelo Ribeiro:

– Recebi a informação com absoluta tranquilidade porque vivemos em um país onde existe mais de uma instância. A decisão de ontem contraria a do ano passado, quando tive a absolvição por 5×1. A ação era outra, mas tinha  o mesmo objeto e conjunto probatório. Era uma ação irmã desta. O TSE por 6×0 decidiu pela minha inocência. Ontem, nem todos os juízes votaram. Havia alguns ausentes. Vou recorrer e solicitar uma liminar. Estou muito confiante. A Justiça Eleitoral preza pelo rsespeito à vontade popular.

Fabiano compareceu à sessão de hoje da Assembleia e acrescentou que o poder legislativo sequer foi oficialmente notificado a respeito da decisão do TRE. O deputado foi acusado, em duas ações (AIME e AIJE) de ter captado votos de maneira ilícita. O Ministério Público Federal, responsável pelos processos, chegou a atribuir a ele a suspeita de formação de quadrilha com o objetivo de arrebanhar votos.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.