Exoneração de diretora revolta moradores em Cruz do Espírito Santo

Funcionários e estudantes da Escola Estadual de Ensino Fundamental Campo Sementes e Mudas, localizada na comunidade Campo Sementes e Mudas, município de Cruz do Espírito Santo (PB), estão em pé de guerra com a Secretaria de Educação do Estado por causa da exoneração da diretora do estabelecimento de ensino – a pedagoga irmã Edineuza Oliveira Araújo.
 
A demissão também gerou indignação nos pais e na população, que protestaram publicamente contra a decisão e prometem se manter mobilizados até que o ato seja anulado, pois, segundo informações, eles reconhecem o esforço e a dedicação de irmã Edineuza em zelar para que aquela escola seja um espaço de educação de qualidade.
 
A pedagoga, que agora está respondendo interinamente pela escola, disse que todos foram pegos de surpresa com essa iniciativa do governo Ricardo Coutinho, através da Secretaria de Educação: “Não houve qualquer escuta às bases, o que provocou revolta e vem estimulando os protestos". Edineuza estava à frente da escola desde 2011.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.