Executiva do PPS oferece presidência do partido a Cássio e aguarda filiação

O presidente estadual do PPS da Paraíba, José Bernardino da Silva, revelou ao Parlamentopb que a Executiva Estadual se reuniu no final da tarde de hoje e decidiu oferecer a direção do partido ao ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi convidado a se filiar à legenda, caso realmente decida deixar o ninho tucano, onde tem divergido da tese do atual presidente, Cícero Lucena, que defende a candidatura própria ao Governo do Estado em 2010. Bernardino disse que não teria problema em ceder seu cargo ao ex-governador:

" A Executiva estadual se reuniu e decidiu convidar Cássio para se filiar ao partido, com a oferta de ceder-lhe a presidência do PPS. Da minha parte, não há nenhum problema. Essa iniciativa partiu de mim. Eu acho que no momento é preciso pensar mais elevado. Não posso pensar em inviabilizar uma aliança que será importante para o desenvolvimento da Paraíba apenas para me manter em um cargo. Se ele vier ao PPS, estará sacramentada a aliança com Ricardo Coutinho", declarou.

Bernardino acrescentou que a oferta ainda não foi comunicada a Cássio, mas será até amanhã. Ele apenas foi convidado para se filiar: "Ontem, eu conversei com ele e fiz o convite para que ele viesse para o PPS. Ele apenas agradeceu e disse que estava refletindo sobre o assunto".

No PSDB, Cássio Cunha Lima externou o desejo de assumir a presidência, cargo que lhe fora oferecido cinco meses atrás pelo senador Cícero Lucena. Sem o aval de Cássio para sua pré-candidatura ao Governo, contudo, Cícero parece ter mudado de ideia. A questão deve ser discutida por ambos em uma reunião que está programada para esta sexta-feira.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.