Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Ex-prefeito de Alagoinha é condenado por não terminar obras de Saúde

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o ex-prefeito de Alagoinha Sérgio Beltrão de Araújo e a empresa Construtora JGS a devolverem juntos R$ 241.430,90, valor atualizado, aos cofres do Fundo Nacional de Saúde (FNS). Os recursos federais foram repassados ao município pelo fundo para construção de unidades mistas de saúde. As obras foram executadas parcialmente. Araújo e a JGS foram multados, individualmente, em R$ 20 mil. Ambos têm 15 dias para pagar o valor da condenação e a multa aos cofres do Tesouro Nacional.

O TCU autorizou a cobrança judicial das dívidas. Cópia da decisão foi enviada à Procuradoria da República no Estado da Paraíba para as ações cabíveis. Cabe recurso da decisão. O ministro Marcos Vilaça foi o relator do processo.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Incidente no Restaurante Garden: entenda o que realmente aconteceu

Anteriores

joaobelga

Paraíba terá Centro de Distribuição e fábrica de esquadrias de PVC de empresa da Bélgica

Artêmio Picanço, advogado

Advogado considera “surreal” decisão da Justiça da Argentina pela prisão domiciliar de Antônio Neto; veja

Igreja Matriz de Monteiro

Polícia procura mulher suspeita de furtar dinheiro de ofertas da Igreja Matriz, de Monteiro

PF Operação Rescue

Operação da PF prende homem por armazenar imagens de abuso sexual de crianças

Concurso, freepik 1

MP recomenda retificação de edital do concurso para Guarda Civil de Santa Rita

PF operação Pombo, Objetos encontrados em casa de funcionários dos correios

PF investiga desvio de encomendas dos Correios e apreende objetos em casa de servidor

João Pessoa linda demais, secom pb

João Pessoa é destaque entre os Top 10 Destinos de Viagem para o mês de julho

Fábio Andrade, procurador-geral do Estado

Estado aprova lista de acordos diretos de precatórios com 593 propostas e R$ 78 milhões

Sérgio Moro 22

Por unanimidade, TSE rejeita cassação do mandato de Sergio Moro

Perilo Lucena, juiz

Ação alerta contra abuso e exploração sexual infantil nos festejos juninos de CG