Ex-PM alagoano é preso em João Pessoa acusado de liderar fraudes em concursos; veja

Um ex-policial militar alagoano foi preso no início da manhã de hoje em uma casa no Portal do Sol durante uma operação deflagrada contra organizações criminosas que atuam em vários estados do Nordeste. Contra Flávio Luciano Nascimento Borges há uma acusação de liderar um grupo responsável por fraudes em concursos públicos. O imóvel em que houve a prisão pertence ao PM e integra um patrimônio que a polícia acredita ser incompatível com o salário que ele recebe.

O delegado Diego Beltrão, da DRACO, informou que a mais recente atuação de Flávio teria sido no concurso da Polícia Civil, Militar e Bombeiros de Alagoas. “Ele montava uma banca com especialistas e passava o gabarito das provas para os clientes através de ponto eletrônico”.

Flávio já havia sido preso pelo mesmo motivo, fraude em concursos, durante a Operação Gabarito.

A prisão do policial foi parte da Operação Loki, da qual participam policiais civis da Paraíba, Alagoas, Sergipe e Pernambuco.

Na mitologia nórdica, Loki é o deus do fogo, da trapaça e da travessura, está também relacionado à magia, podendo assumir a forma que quiser.

Matéria de David Martins para o Correio Manhã.

 

 

 

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.